Brasil

TCU recomenda que OAS devolva R$ 33 milhões aos cofres públicos

TCU recomenda que OAS devolva R$ 33 milhões aos cofres públicos

Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou que a empreiteira OAS devolva R$ 33 milhões que teriam sido superfaturados nos serviços de terraplenagem e túneis nas obras do trecho norte do Rodoanel, em São Paulo.

De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, os pagamentos foram feitos pela Dersa, estatal paulista responsável pela construção. A devolução do dinheiro foi a condição apresentada pela auditoria do TCU para rever o pedido feito aos ministros da Corte de Contas para conceder uma medida cautelar suspendendo os pagamentos a OAS referentes ao reajuste contratual assinado em 2016 por causa do atraso na execução da obra.

Segundo a fiscalização, esses valores também estão superfaturados. As recomendações ainda serão analisadas pelo ministro-relator Walton Alencar Rodrigues. Ao todo, a fiscalização do TCU estima que até R$ 625 milhões tenham sido superfaturados nos seis lotes da construção do Rodoanel Norte. Dois destes lotes são da OAS.

Site Master

6 de julho

Nenhum comentário

[supsystic-social-sharing id="1"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *