Bahia

Olodum se torna patrimônio cultural e imaterial da Bahia

Olodum se torna patrimônio cultural e imaterial da Bahia

A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou o Projeto de Lei 22.249/ 2017, de autoria da deputada Luiza Maia (PT), que reconhece o bloco afro Olodum como patrimônio cultural imaterial do estado da Bahia. A votação aconteceu na noite desta terça-feira (5).

A entidade carnavalesca completou, em abril deste ano, 38 anos de fundação. Além de bloco afro, se tornou, no período, uma Organização Não-Governamental (ONG), que envolve, além do bloco e da banda, projetos sociais como a Escola Olodum.

O grupo já passou por 37 países e já recebeu os astros Paul Simon, em 1990, e Michael Jackson, em 1996, que veio à Bahia conhecer de perto o som percussivo da banda, que chamou a atenção de todo o mundo.

Site02

6 de dezembro

Nenhum comentário

[supsystic-social-sharing id="1"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *