Brasil

Aliados avaliam risco de nova denúncia com aumento da reprovação a Temer

Aliados avaliam risco de nova denúncia com aumento da reprovação a Temer

Partidos governistas se dividem sobre o caminho a seguir se o presidente Michel Temer (MDB) for alvo de uma terceira denúncia criminal, no momento em que a impopularidade dele alcança novo patamar.

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, líderes do centrão dizem que não faria sentido afastá-lo da Presidência a poucos meses da eleição, se uma nova acusação for encaminhada à Câmara.

Integrantes de outras siglas aliadas acham que, com apenas 3% de aprovação, o emedebista não teria força para resistir a outra ofensiva da Procuradoria-Geral da República.

Em agosto do ano passado, quando a Câmara barrou a primeira denúncia da PGR contra Temer, o governo era aprovado por 7% dos brasileiros. Em outubro, quando os deputados rejeitaram a segunda denúncia, só 5% apoiavam o presidente.

Site Master

11 de junho

Nenhum comentário

[supsystic-social-sharing id="1"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *