Bahia

Aliado de Geddel na prefeitura contrata empresa alvo da PF por R$ 52 mi

Aliado de Geddel na prefeitura contrata empresa alvo da PF por R$ 52 mi

A Construtora NM LTDA ganhou, nestas segunda e terça-feira (8 e 9), dois contratos de aproximadamente R$ 26,2 milhões, cada, com a prefeitura de Salvador. O primeiro, segundo a publicação do Diário Oficial do Município, é no valor de R$ 26.238.551,38, para a execução dos trechos 2 e 3 da requalificação da infraestrutura turística da orla Barra-Ondina. O segundo, asseverado nesta terça, versa sobre a Requalificação da Infraestrutura Turística da Orla Barra/Ondina, Salvador/BA I, no valor de R$ 26.230.059,06.

Os certames foram referendados pelo chefe da Superintendência de Conservação de Obras Públicas (Sucop), Orlando Castro, aliado de primeira hora do ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB), que o indicou para o cargo ao prefeito ACM Neto (DEM).

A NM foi alvo da PF em 2016, no âmbito da Operação Copérnico. Em 2016, quando a apuração estava em curso, o filho de Martins, que é o dono do Instituto Médico Cardiológico da Bahia (IMCB), Nicolau Emanoel Marques Martins Júnior, foi preso, acusado de desviar verbas em contratos de cerca R$ 750 milhões com as prefeituras de Salvador, Candeias, São Francisco do Conde, Lauro de Freitas e Madre de Deus, entre 2012 e 2015.

O IMCB venceu licitação e prestava serviço a três Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do município: San Martin, Periperi e São Cristóvão. De acordo com a prefeitura, os esclarecimentos foram prestados ao Ministério Público Federal (MPF), que basicamente arguiu sobre os contratos firmados.

Em coletiva à imprensa na sede da PF, à época, os delegados responsáveis pela investigação negaram o envolvimento de gestores públicos ou irregularidades ligadas à administração municipal no caso.

Site02

9 de janeiro

Nenhum comentário

[supsystic-social-sharing id="1"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *